28/5/2020 | BYPOR Jane Reuter

Viasat se une a campanha para apoiar imprensa brasileira durante a pandemia

A Viasat está participando de uma campanha para apoiar o jornalismo de tecnologia brasileiro, uma iniciativa que vai de encontro à atuação da Viasat no Brasil. A empresa global de comunicações, em parceria com a Telebras, planeja conectar milhões de pessoas em todo o país.

A campanha reúne cinco dos principais portais de notícias especializados em telecomunicações e tecnologia da informação – Convergência Digital, Mobile Time, Tele.Síntese, Teletime e TI Inside – para chamar a atenção para a importância da cobertura realizada por eles durante a crise do coronavírus. Os esforços desse movimento são sintetizados pela hashtag #apoieojornalismoespecializado.

Os impactos econômicos da pandemia foram percebidos em quase todos os setores, inclusive na imprensa. O apoio financeiro gerado pela campanha permitirá que os profissionais dos cinco veículos continuem focados no trabalho, e também garante que os canais continuem a ter vozes independentes que proporcionam transparência na imprensa de tecnologia.

Os veículos no centro da campanha têm a cobertura focada em inovações e soluções tecnológicas – conexões que ajudam a atenuar os efeitos da quarentena. A tecnologia está permitindo que famílias e amigos fiquem conectados, trazendo informação e entretenimento para dentro das casas para que as pessoas possam estar seguras. E também ajuda a manter a produtividade de quem está trabalhando de casa, permite que as crianças continuem com as tarefas escolares e concede às pessoas acesso a serviços de saúde remotos, como a telemedicina e as teleconsultas.

O jornalismo especializado em tecnologia é essencial para profissionais, governos e empresas tomarem decisões vitais – de negócios ou mesmo pessoais. E essas notícias não podem continuar circulando sem os esforços de profissionais capacitados, incluindo editores, repórteres, produtores, artistas gráficos, web designers e outros.

“Nossa equipe nunca trabalhou tanto e o público cresceu significativamente”, diz Fernando Paiva, editor do Mobile Time. “Isso reflete o quanto o setor de tecnologia da informação e comunicação está se movendo para ajudar o mundo a superar esse período desafiador”.

Bruno Soares Henriques, diretor comercial da Viasat no Brasil, conta que a empresa estava ansiosa para participar da campanha.

“Enquanto trabalhamos para levar internet de alta qualidade às áreas em que ela é mais necessária, estamos tomando decisões críticas sobre a melhor maneira de entregar o serviço”, diz. “Contamos com informações de diversas fontes – incluindo veículos de comunicação brasileiros especializados no setor de tecnologia – para nos ajudar a tomar essas decisões. Portanto, esta é uma causa que certamente podemos apoiar.”

Ele também destaca como essa campanha apoia o trabalho atual e futuro da empresa.

“Nossas parcerias aqui significam que estamos comprometidos com o Brasil e com os brasileiros a longo prazo”, afirma. “Precisamos de fontes de notícias confiáveis, especialmente aquelas que estão profundamente familiarizadas com o nosso setor, não apenas pelo trabalho que estamos realizando em 2020, mas pelos próximos anos”.

Por meio de sua parceria com a Telebras, a Viasat utiliza o satélite SGDC-1, de propriedade da estatal, combinando a capacidade de banda Ka do satélite à infraestrutura terrestre comprovada da Viasat.

Isso permite que as duas empresas forneçam serviços de banda larga escalonáveis ​​e de baixo custo para comunidades onde o acesso à internet tem estado historicamente indisponível. Trabalhando juntas, até agora as empresas já conectaram 2,5 milhões de estudantes em escolas que anteriormente não tinham acesso à internet ou possuíam serviço de qualidade inferior, além de diversas outras instalações do governo.

Em 2020, a Viasat planeja lançar um serviço de internet residencial pensado para conectar brasileiros que vivem nas áreas rurais e remotas do país, lugares adequados para a internet via satélite.

 

BackAtrás