No início deste ano, um time formado por trabalhadores locais e colaboradores da Telebras e a equipe da Viasat, viajaram para a pequena cidade de Pacaraima, em Roraima, na fronteira do Brasil com a Venezuela. Objetivo: instalar antenas que levariam banda larga a dezenas de  escolas da cidade, conectando centenas de estudantes da região.

Em meio a peladas de futebol e brincadeiras com as crianças do município, trabalhamos duro na construção da antena que conectaria as escolas da região, e, para alguns estudantes, abriria pela primeira vez as portas para a rede mundial de computadores.

E isso é apenas o começo. Muitos dos 207 milhões dos residentes no Brasil vivem fora de áreas com opções de fibra, cabo, DSL e conexão sem fio. O plano é continuar a expansão para escolas, hospitais e outros serviços governamentais que ainda trabalham sem conectividade. A conexão vai abrir um universo de novas possibilidades para as crianças de Pacaraima, e também tem o potencial de ajudar a comunidade da região na crise de refugiados da Venezuela.

Ter a chance de abrir novas oportunidades para os brasileiros com a conexão de escolas e serviços governamentais, gerenciada pela Telebras, é um missão que orgulha todo o time da Viasat.